Siga este e fique atualizado

NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO

Translate

A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2001

O dia 16 de novembro de 1974,  foi lançada a transmissão de uma mensagem especialmente projetada por Carl Sagan para ser enviada para o espaço, pelo maior radiotelescópio do mundo, o de Arecibo, localizado em Porto Rico. Esta mensagem teve algumas características especiais:

Consistia-se em 1976impulsos de código binário que levaram três minutos para serem transmitidos na frequência de 2380 MHz. Este sinal foi direcionado para o agrupamento globular estelar M 13, que está a aproximadamente 25.000 anos-luz de distância, e possui cerca de 300.000 estrelas na Constelação de Hércules.
Bem, agora porque foram 1976 impulsos em código binário transmitidos na frequência de 2380 MHz? Tudo foi bem pensado por Carl Sagan. O que você tem que ter em mente é que são números primos, matrizes, multiplicação, divisão e outras coisas desse tipo.
A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2011
Sendo assim… Escolheu-se enviar 1679 impulsos pois esse número é um número semiprimo, isto é, o produto de apenas dois números primos. No caso, 1679 é o produto de 23 e 73. A ideia foi escolher um semiprimo para que um eventual receptor pudesse deduzir que os sinais formam uma matriz bidimensional.
Vamos raciocinar que se existe uma civilização que recebeu este sinal no espaço, ela tem conhecimento suficiente para saber o que é um número primo, a matemática no geral, portanto uma civilização inteligente.

E a mensagem foi enviada em código binário (base 2) é muito mais simples que o sistema decimal (base 10)

A mensagem original compreendia 7 seções, cada uma representando um particular aspecto da nossa civilização. Veja a imagem acima e vamos a explicação cada seção:

1ª Seção (branco):

Representação binária dos números de 1 a 10

A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2011

2ª Seção (roxo):

Contem os valores binários 1, 6, 7, 8 e 15 que indicam os números atômicos dos elementos primários para a constituição da vida na Terra: Hidrogênio (H), Carbono (C), Nitrogênio (N), Oxigênio (O) e Fósforo (P) respectivamente.

A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2011

3ª Seção (verde):

Representa uma fórmula para as moléculas dos açúcares e bases de nucleotídeos do DNA humano.

A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2011

4ª Seção (azul com a barra branca vertical):

Representação Gráfica da “dupla-hélice” do DNA humano. No Centro o nº dos nucleotídeos do DNA.

A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2011

5ª Seção (vermelho):

Representação de nós, humanos, com um corpo e dois braços e duas pernas (como um homem esticado). Na direita está um valor binário da população da terra. No lado esquerdo existe um número binário correspondente à altura do ser humano.

A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2011

6ª Seção (amarelo):

Representação simplificada do nosso Sistema Solar. Mostra o Sol e nove planetas, numa representação aproximada de tamanhos. Deixando representado que o terceiro planeta – a Terra – é significativo em relação aos outros.

A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2011

7ª Seção (Roxo, Branco e Azul):

Indica que a mensagem foi enviada por um radiotelescópio no comprimento de onda 2380 Mhz.

A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2011

A mensagem acima foi enviada para o espaço na direção das 300.000 estrelas na Constelação de Hércules, na esperança de que talvez alguma civilização extraterrestre inteligente a captasse e decodificasse.

A Face e Mensagem de Chilbolton Recebidos em 2001

Após a mensagem enviada em 1974 os tempos foram passando, Carl Sagan criou a premiada série Cosmos, em 1980, morreu em 1996, e o radiotelescópio de Arecibo continua sendo um dos mais usados na busca de sinais vindos do espaço, assim como fizemos ao enviar tais mensagens como esta ao espaço. O SETI ficou mais esperto e agora tem um programa que todo mundo pode ter no seu computador e ajuda na análise dos dados recebidos.
Neste período também começaram a surgir os primeiros círculos nas plantações da Inglaterra, que começaram a ser chamados de círculos ingleses ou crop Circles. É claro que como sempre, para muita gente é fraude, ainda mais quando 2 senhores apareceram em público dizendo que eram eles que faziam. Até que em 2001 aconteceu algo incrível…
No dia 14 de agosto de 2001 foi descoberto ao lado do maior telescópio da Inglaterra, o Chilbolton, um rosto feito com uma técnica diferente da usada por falsificadores de círculos. Era algo incrível e completo para ser feito em apenas uma curta noite inglesa.  Este rosto tinha características alienígenas e o detalhe é que só podia ser percebido de longe, do alto. Quanto mais do alto, mais nitidamente se via o rosto.

Tudo isso começõu a ficar realmente sério 3 dias depois, quando a 200 metros deste rosto apareceu algo como uma fita, que logo foi identificada como muito parecida com a enviada em 1974 pelo radiotelescópio de Arecibo. Parecida, porque nem tudo era igual, havia algo bem diferente que impactaria o mundo.
A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2011

A resposta alienígena

Vamos agora ao significado para que possamos comparar as seções entre a mensagem enviada ao espaço em 1976 pelo radiotelescópio Arecibo e a fita com dados surgida  ao lado do maior telescópio da Inglaterra, o Chilbolton em 2011:
A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2011

1ª Seção (Branco)

representação binária dos números de 1 a 10

A resposta dos alienígenas  não apresenta nenhuma alteração na matemática.  Mostrando que o mesmo sistema binário utilizado por nós aqui na terra, pode ser universal, ou pelo menos, no lar dos alienígenas remetentes.
A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2011

2ª Seção (Roxo)

elementos químicos da vida

Nesta parte o elemento químico Silício [Si 14 – N° atômico 14] foi acrescentado. Isto indica que a vida alienígena que projetou esta mensagem tem um elemento a mais que os nossos ( Hidrogênio (H), Carbono (C), Nitrogênio (N), Oxigênio (O) e Fósforo (P) ). Como sabemos, o silício é cinza, o que nos faz remeter aos famosos alienígenas Greys.
A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2011

3ª Seção (Verde)

Formulação dos açúcares e nucleotídeos

Nesta parte também não vemos alterações na mensagem extraterrestre se comparada com a nossa. As duas espécies, alienígena e humanos possuem a mesma base na fórmulação dos açucares e nucleotídeos.
A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2011

4ª Seção (Azul e Branco)

Dupla hélice de DNA 

Surpreedentemente, a mensagem alienígena apresenta três hélices de DNA  arranjados de forma diferente. Podemos notar que à direita, existe uma alteração na base da hélice, e no meio uma única mudança nos nucleotídeos, que divide a opinião dos peritos quanto ao seu significado. Parece que o silício presente em sua composição é o responsável por esta 3° hélice de DNA
A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2011

5ª Seção (Vermelho)

Dados do ser humanoide

Aqui podemos observar o desenho do ser correspondente a raça alienígena responsável pelo envio da mensagem. Pode-se ver que a cabeça tem um tamanho maior e desproporcional se comparadas ao homem. Seus braços parecem mais longos e pernas mais curtas. No conjunto geral, se assemelha muito aos aliens Greys, bastante relatados nos casos de abdução. Ao lado esquerdo encontramos a representação binária da população alienígena que foi calculada por alguns pesquisadores como sendo de 4,3 bilhões enquanto outros apontam como sendo de 12,7 bilhões. Essa diferença se dá aos dados coletados nos agrolifos que não pareciam muito claros para cálculos. Na parte direita, podemos observar que a altura dos humanoides seria de apenas um metro.
A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2011

6ª Seção (Verde)

O sistema planetário

O sistema solar alienígena está representado como contendo um Sol menor do que o nosso, metade do tamanho ou ainda menor. Especialistas afirmam que nessas condições é muito improvável que planetas com água existam e desenvolvam vida. Também podemos ver nesse segmento 9 planetas, assim como em nosso sistema solar e o tamanho proporcional de cada um deles e os diferenciando, parecendo não existir planetas gasosos como Saturno e Júpter, mas parece haver os como Urano e Netuno. Aparenta possuir planetas rochosos como o nosso. Três esferas estão voltadas para o humanoide mostrando que eles seriam habitados por sua raça; Dois deles rochosos e um diferente, sugerindo outra dimensão ao qual parte de sua espécie habitam.
A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2011

7ª Seção (Verde)

Radiotelescópio que enviou a informação 

A representação alienígena ocupa toda a linha inferior e mostra uma outra forma no que diz respeito ao aparelho transmissor da mensagem que não, a nossa parabólica referente ao Arecibo. A figura pode ser comparada com o agrolifo conhecido como “a flor”, que surgiu em agosto de 2000 no mesmo campo de Chilbolton devido a sua complexidade. Então, pode ser que este dispositivo de envio de mensagem alienígena já poderia ter sido descrito anteriormente.
A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2011
A mensagem enviada ao espaço em 1976 e a impressionante resposta em 2011

Aparelho transmissor da mensagem

Acredito que o Aparelho transmissor da mensagem ao qual a última sessão se refere, não seria um “radiotelescópio alienígena” que estaria em seu planeta marcando nossas plantações. O mais logico indica que se trate do OVNI em si,  da nave ou aparelho que de alguma forma esteve presente fisicamente em nossa atmosfera, naquelas coordenadas deixando tal mensagem na vegetação.

Confira abaixo uma uma palestra muito interessante
indicada pela Revista UFO sobre o tema.

O pesquisador de psicobiofísica, consultor da Revista UFO e autor de livros sobre ufologia e espiritismo, explica em detalhes a mensagem enviada em 1974, no radiotelescópio de Arecibo, em Porto Rico, pelos astrônomos Frank Drake e Carl Sagan e recebida, em 2001, nos campos de trigo na Inglaterra.


Fontes: Assombrado | inapebr | Marcos Metzdorf |

Postagens mais visitadas

Deixe seu comentário aqui

Nome

E-mail *

Mensagem *