Siga este e fique atualizado

NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO

Translate

Temporada de agroglifos na Grâ Bretanha tem vários sinais em Wiltshire

Local abriga vários sítios arqueológicos, incluindo Stonehenge; teorias abordam vários aspectos das figuras, confira em vídeos

A temporada britânica de agroglifos tem sido marcada por diversos sinais completos e com as habituais formas geométricas que assombram os interessados e pesquisadores. De notar que muitas figuras continuam a surgir nas proximidades de sítios arqueológicos, incluindo o famoso Stonehenge, levado muitos a especular que possa existir uma ligação entre as construções antigas e os agroglifos. Um exemplo é o sinal surgido em Hackpen Hill, Broad Hinton, no dia 16 de julho.
Esse agroglifo surgiu próximo a uma figura de giz conhecida como Cavalo Branco de Hackpen, situado em Marlborough Downs, cuja história é pouco conhecida. Como costuma acontecer, o dono das terras onde surgiu o agroglifo, James Hussey, não arou imediatamente o campo e permitiu a entrada de pesquisadores e interessados, cobrando uma taxa de 3 libras que será revertida para a caridade. A figura é composta por um círculo principal, ladeado por três menores, três linhas equidistantes de formas triangulares alternadas com outros três desenhos similares a pirâmides. Entre as teorias estão possíveis ligações com as Três Grandes Pirâmides de Gizé e as três estrelas do Cinturão de Órion, popularmente conhecidas como as Três Marias.
Outro agroglifo foi reportado ao lado do sítio arqueológico de Long Barrow em 8 de julho. Os britânicos chamam de Long Barrow esses montes artificiais, construídos no período Neolítico e considerados tumbas coletivas. O agroglifo é simples, com um círculo central maior unido a dois menores por segmentos de reta, e estes últimos não estão paralelos. Entre as especulações a respeito está a de que a formação representa a oposição de Netuno ao sul e Júpiter ao norte. O Long Barrow de West Kennett, local do agroglifo, é mais antigo que Stonehenge, e o início estimado de sua construção é 3.600 AC. É mencionada a possibilidade de o agroglifo estar predizendo o eclipse solar que irá ocorrer em 1 de setembro, e que um fenômeno similar aconteceu em 3751 AC.


CRÉDITO: CROPCIRCLE CONNECTOR
O agroglifo de Hackpen Hill
O agroglifo de Long Barrow de West Kennett a esquerda da imagem

 FIGURA PRÓXIMA A STONEHENGE
Também em 8 de julho um complexo agroglifo surgiu muito próximo a Stonehenge. A figura tem um anel externo com diversos elementos retangulares em duas fileiras, ao longo de toda a circunferência. No interior a imagem de uma estrela de sete pontas sobre um crescente, e no interior outras sete figuras geométricas correspondentes a cada raio. Foi feita uma associação entre o agroglifo, especialmente a figura da estrela de sete pontas, com as sete estrelas da constelação Ursa Maior também conhecidas como Plêiades. Estas estrelas são conhecidas desde a Antiguidade, e várias civilizações antigas as associaram à sabedoria e ao conhecimento. Muitas divindades dessas sociedades clássicas foram igualmente ligadas a essa constelação. Outro apontamento indica a semelhança entre o agroglifo e uma moeda de denários do tempo do imperador romano Hadrian, de 117 a 138 DC, que também exibe uma estrela de sete pontas sobre um crescente. Outra especulação, baseada na contagem de elementos da imagem, liga o agroglifo à chegada da nave Juno a Júpiter, em 14 de julho, e também a Stonehenge, considerado um observatório astronômico em tempos remotos.


CRÉDITO: CROPCIRCLE CONNECTOR
O agroglifo de Hackpen Hill
O agroglifo de Hackpen Hill

Saiba mais:

Postagens mais visitadas

Deixe seu comentário aqui

Nome

E-mail *

Mensagem *